HOME    INSTITUCIONAL     ESCRITÓRIOS     ATUAÇÃO     PROFISSIONAIS     CURRÍCULOS    CONTATO
 
 
     
 

Locação de moto do empregado não incorpora no salário

 
     
 

É comum empresas alugarem as motocicletas dos próprios trabalhadores para o exercício da atividade, visando redução de custos. Mas o valor pago pelo aluguel não deve integrar o salário. Conforme notícia veiculada pelo TRT da 3ª Região, a convenção coletiva da categoria exclui o caráter salarial da locação ao prever que a parcela não representa repasse dos riscos do empreendimento ao trabalhador, mas tão somente o pagamento pela utilidade disponibilizada pelo empregado, sem qualquer traço de salário “in natura”. Entretanto, é condição essencial o contrato de locação seja expresso, e que o valor pago ao empregado reponha, efetivamente, os gastos com combustível e manutenção, sob pena de invalidade do contrato e cômputo da locação, como salário.

 

 
 

Telefone (31) 3826-2000
E-mail: thaisteixeira@mcsadvogados.com.br